Thyago Santos - Mente, Saúde e Corpo em Forma

álcool e a ansiedade

álcool e a ansiedade

Ao parar o consumo, os níveis de álcool se estabilizam e começam a cair, mas, seu o corpo começa a produzir uma série de toxinas para metabolizar o álcool que já foi ingerido, e a abstinência do álcool mesmo que sendo em espaço curto de tempo, fará com que a ansiedade apareça de forma elevada após os sistemas de ansiedade estarem em níveis baixos durante a intoxicação.

 

A ansiedade e o álcool não se curtem, o álcool traz um efeito rebote amenizando ou censurando a ansiedade, mas depois quando entra em abstinência do álcool, a ansiedade retorna de uma forma que não é nada boa. É um ciclo quando existe dependência do álcool, e com o passar do tempo, a ansiedade entra em níveis preocupantes que pode chegar a recorrer tratamento adequado.

Fale Conosco