Thyago Santos - Mente, Saúde e Corpo em Forma

Três décadas

Três décadas

Antes queria dizer que nasci em mil novecentos e oitenta e quatro e não em mil novecentos e noventa. Quero apenas descrever uma lembrança de cada década a partir de mil novecentos e noventa.

Mil novecentos e noventa a dois mil tenho uma vaga lembrança que eu vivia mais em casa de praia com família e amigos, e esses amigos nessa década, não sei como estão atualmente, não porque houve algum conflito, mas sim porque cada um seguiu sua vida. Se me recordo, eu vivia em itamaracá com família e amigos. Ilha de Itamaracá é um litoral lindo de Pernambuco, é só colocar no google. Lembro que estávamos em uma casa em itamaracá em que dormíamos em cada ponto da casa, como na sala também. Lembro que dormíamos com as portas abertas e certa vez fomos assaltados enquanto estávamos dormindo, só vinhemos perceber no outro dia quando começamos dar falta das nossas coisas. Foi louca essa noite porque não percebemos nada(rs). Encontramos nossas carteiras sem dinheiro dentro jogadas no chão perto de onde estávamos. Coisas grandes não foram levadas e penso que foi por isso também que não escutamos nada(rs). Não tenho muitas lembranças nesse exato momento em que escrevo, por isso que o está escrito aqui é o que está vindo na lembrança.

Dois mil até dois mil e dez já tenho um pouco mais de lembranças. Foi um período que namorei bastante. Vem a mente também o período que ia para o Janga. Outro local que tem a presença do mar e é também situado no estado de Pernambuco. Nessa década o que mais vem a cabeça é que quase morri afogado tentando atravessar a nado de um lado para outro, e possivelmente não teria contando essa historia por aqui(rs). Sobrevivi porque um amigo meu estava nas pedras em frente a casa que estávamos, ficava beira-mar. Até hoje e sempre esse meu amigo chamado Damocles se tornou um irmão. Esse cara fez parte da minha vida de forma muito foda, que daria um livro(rs). Ele sabe até hoje que se não fosse por ele eu não estaria vivo. Faltou folego e forças nas pernas, Damocles saltou na água me levando até as pedras beira-mar. Não lembro se nesse período na casa de praia no (janga) eu namorada uma menina que morava na outra rua em que eu morava na cidade de Camaragibe, ou estava ficando com uma outra menina que queria dar um “golpe da barriga”. Nessa década tive momentos incríveis.

Dois mil e dez até dois mil e vinte foi a década em que me formei em Educação Física. Esse foi o período que realmente comecei a fazer alguma coisa da vida(tenho outra postagem aqui no blog em que descrevo essa fase que não fazia nada, ou fazia?rs).


Enfim, no período de dois mil até dois mil e dez tive muita vivência incrível e inesquecível, não que nas outras décadas eu não tive. Algumas décadas me lembram mais e outras pouca. Algumas lembranças aparecem e outras não.

Fale Conosco